Radio Louvarte
Publicidade
Publicidade
Conceição do Coité/BA
Min.
Máx.
Atriz do filme “Quarto de Guerra” diz que a cultura quer redefinir os valores de Deus
27/08/2019

Desde o início da Igreja Cristã, no primeiro século depois de Cristo, o cristianismo enfrenta a forte oposição das culturas que contrariam os ensinos da Bíblia Sagrada. Todavia, na geração atual esse combate possui uma diferença marcante destacada pela atriz do filme “Quarto de Guerra”, Priscilla Shirer.

“As pessoas hoje estão lutando para se definir; estamos vendo pessoas redefinirem as coisas para as quais Deus já deu definições, e é por isso que a cultura continua a se afastar das verdades de Deus como uma peça central para a sociedade”, disse Shirer ao The Christian Post.

Diferentemente do passado, na atualidade a oposição aos valores cristãos tem encontrado apoio em vários setores da sociedade, de modo que a cultura judaico-cristã tem sido desrespeitada em todos os sentidos, o que não existia antes.

“Anteriormente, mesmo que as pessoas não fossem cristãs, elas respeitavam os princípios básicos do cristianismo. Esse não é mais o caso”, explica Shirer, que além de atriz, também é diretora do Ministério ‘Going Beyond’ (‘Indo Além’).

Os efeitos dessa desvalorização dos ensinos bíblicos, por outro lado, são percebidos na própria sociedade, através do aumento dos problemas de ordem emocional/psicológica, violência, abuso de drogas e tantos outros sintomas que, para uma sociedade dita “evoluída”, não deveriam mais existir.

“Agora vivemos em uma cultura pós-moderna. Você é ridicularizado por acreditar que a Bíblia tem uma moral relevante”, diz Shirer. “E quanto mais marginalizamos a Deus, mais vemos a marginalização das definições que Ele criou. Quanto mais a sociedade rejeita Deus, mais vamos ver os efeitos disso”.

Finalmente, Shirer destaca que os pais precisam ajudar na construção das identidades dos seus filhos, baseados no que a Bíblia diz acerca da natureza humana. Transtornos de natureza sexual, por exemplo, como a disforia de gênero, podem ser evitados quando a família não permite que a sociedade influencie seus valores.

“As crianças pensam que são o que sentem e como se comportam; que suas inclinações e passado as definem”, alerta Shirer. “Mas a Bíblia diz que, embora essas coisas realmente existam, elas não definem você. Você é quem Deus diz que é e você tem o direito de operar dessa maneira”, conclui.

Fonte: WELLINGTON SANTANA / FONTE Gospel+
21:00 as 21:00
Peça a sua música!
Envie seu Pedido Musical preenchendo todos os dados abaixo:
Atendimento
RUA IDELMARIO MORAIS DA SILVA 421 - Conceição do Coité/BA
Ligue agora
(75) 9917-6984
Horário de atendimento
08:00 AS 18:00 HS